Adquirir imóveis em Orlando

Com a terrível crise econômica que surgiu nos Estados Unidos no ano dois mil e oito, os imóveis em Orlando, assim como no restante de todo o país, sofreram redução no valor e aumentou a oferta. Isso significa que essa crise gerou uma oportunidade de ouro para os brasileiros que pensam e têm vontade de ter imóveis em Orlando.

Ter imóveis em Orlando sempre foi, durante todo o século vinte,  um sonho, algo possível de ser realizado somente por poucos que tinham um poder aquisitivo muito elevado, mas desde o início da enorme crise que assolou esse país no final da década passada, realizar esse não é mais algo impossível ou muito difícil de ser realizado.

Não é nenhum absurdo dizer que é mais barato comprar um imóvel de dois quartos em Orlando do que num bairro de classe média em São Paulo. Com uma quantia razoável é possível comprar um imóvel em Orlando, uma das cidades mais visitadas por brasileiros em terras americanas. E sem sombra de dúvidas é um ótimo investimento para quem deseja fazer um investimento a longo prazo. Este investimento, para nós brasileiros, se tornou atrativo pois depois da crise no setor imobiliário deles, pois obrigou a muitas pessoas devolverem imóveis aos bancos.

Várias pesquisas foram feitas em diversos países e todas mostram um número realmente expressivo de aquisições de imóveis nos Estados unidos, o que felizmente tem ajudado o país a se recuperar. Várias empresas imobiliárias, especializadas em investimento imobiliário para estrangeiro, tiveram que aumentar as suas estruturas para poder atender essa demanda vinda de fora do país, inclusive com corretores poliglotas e um sistema específico para lidar com compradores de tantos países.

Com certeza é um grande investimento. Depois da compra, é possível obter grande rendimento com a locação permanente do imóvel ou para temporada.

About Albert Stimer

Albert Stimer é proprietário da imobiliária Towns Realty na Flórida e junto com seu time ajuda clientes do Brasil e do mundo inteiro a realizar o sonho da casa própria nos EUA.

Contate Albert Stimer no Google+