Como escolher sua casa em Orlando

Preços tentadores, investimento certo, oportunidade de retorno do capital empregado, moradia própria para os filhos estudarem no exterior, férias tranquilas sem estresse com hotéis e reservas, conforto da sua própria casa em uma cidade com infraestrutura de Primeiro Mundo. A lista de vantagens de comprar uma casa em Orlando poderia se estender até o final deste artigo, mas o foco hoje é em como escolher o seu imóvel.

Saiba como escolher o seu corretor brasileiro em Orlando

Antes de mais nada, pense para quê, você quer comprar sua casa em Orlando. Para a família passar férias, para os filhos  estudarem no exterior, para ter um imóvel em outra parte do mundo como opção de moradia permanente algum dia, para deixa-la de herança para alguém, como investimento para locação e retorno multiplicado do dinheiro empregado ou para vendê-la após um período de valorização? Dependendo dos seus objetivos, o imóvel pode apresentar mudanças significativas, como tamanho, localização ou tipo – casas ou apartamentos.

Outra dica é lembrar que contratar um corretor brasileiro em Orlando é essencial para conseguir o melhor negócio. Converse com ele, explique suas expectativas e suas ideias. Como brasileiro, ele entenderá o momento que você vive e a comunicação é muito mais direta.

Preste atenção nos detalhes

Por outro lado, o corretor brasileiro em Orlando deve morar há alguns anos no local, porque só assim ele estará por dentro não só das melhore ofertas, mas também da realidade local, projetos para a cidade e possíveis mudanças nos arredores que poderão valorizar ou não o seu imóvel na Flórida. Também é importante que ele esteja legalizado no país e devidamente autorizado a trabalhar por aquela imobiliária em Orlando.

A cultura local, seus hábitos e procedimentos também podem gerar diferenças na forma de negociar a casa em Orlando ou nos EUA de uma forma geral, outro motivo pelo qual o corretor brasileiro em Orlando é uma figura indispensável nessa transação. É ele também quem o orientará sobre os procedimentos.

De uma forma geral, o brasileiro com passaporte tem autorização para comprar à vista ou financiar um imóvel nos Estados Unidos, mas há outras exigências feitas pelo mercado imobiliário. O sistema de compra, entretanto, é bastante seguro, mas é preciso atender cada detalhe exigido na transação.

Siga a dica e compre à vista

Para quem quer fazer o melhor negócio a dica é comprar o imóvel à vista. O motivo é simples: como o preço e as prestações são calculadas em dólar, você fica sujeito às variações do câmbio. Um imóvel que custa US$450 mil, por exemplo, com o dólar a R$2,20, sairá a R$990 mil. Se a cotação subir para R$4,00, por exemplo, o equivalente em reais será R$1,8 milhão, quase o dobro. O investimento é certo e você fica com a liquidez em dobro garantida rapidamente.

About Albert Stimer

Albert Stimer é proprietário da imobiliária Towns Realty na Flórida e junto com seu time ajuda clientes do Brasil e do mundo inteiro a realizar o sonho da casa própria nos EUA.

Contate Albert Stimer no Google+